segunda-feira, 28 de novembro de 2016

Thiago Lacerda garante ter passado por cima do rótulo de galã

O consagrado artista, um dos principais destaques de A Lei do Amor, afirma manter sua vaidade sob total controle


Thiago Lacerda é Ciro em A Lei do Amor | <i>Crédito: Divulgação/Globo
Thiago Lacerda é Ciro em A Lei do Amor
Acredite se quiser, mas  Thiago Lacerda consegue, sim, ser ainda mais gato – se é que isso é possível! – pessoalmente. Com uma cuia de chimarrão na mão, o carioca – que aprendeu a gostar da erva-mate nos bastidores da minissérie A Casa das Sete Mulheres (2003) – recebeu TITITI há alguns dias nos estúdios da Globo, no Rio. Lá, onde grava a trama das 9, o belo e talentoso artista fez questão de defender seu personagem, o inescrupuloso Ciro. “Acho superficial tratá-lo como um cara do mal”, pondera Thiago, deixando a entender que o safado genro de Fausto (Tarcísio Meira) tem lá seus motivos para formar uma parceria maquiavélica com o não menos perigoso e vingativo Tião (José Mayer).

Apesar disso, o intérprete diz, aos risos, saber bem que  o marido de Vitória no folhetim não é flor que se cheire. “O Ciro é uma figura que representa um pouco dessa crise moral e ética que a gente vive hoje em dia”, comenta ele, que, no folhetim, volta a fazer par romântico com Camila Morgado. O primeiro encontro profissional de ambos rolou justamente na minissérie que o transformou num “quase” gaúcho. “É curioso repetir par romântico, sabia?”, conta, às gargalhadas.

A inspiração para criar esse tipo dúbio, uma vítima de si mesmo, nas palavras do ator, foi a série americana House of Cards. “Ali tem pessoas interessantíssimas”, analisa Lacerda, fã do trabalho de Kevin Space, que faz o político de caráter duvidoso Frank Underwood. “Não me inspirei em ninguém real não, viu?”, assegura com o mesmo humor. 

TITITI – Quais maldades o Ciro ainda será capaz de praticar em A Lei do Amor?
Thiago Lacerda – Estou tentando me distanciar um pouco dessa ideia de vilão. O Ciro tem, sim, uma ambição bastante desmedida e é o tipo de pessoa que perde a noção dos limites do código de convivência social. O interessante, para mim, é imaginá-lo como um cara legal.

Como é possível vê-lo como uma vítima de si mesmo?
Ele foi um menino talentoso e inteligente que, em algum momento, fez escolhas e hoje não consegue mais voltar atrás. Por isso, uma “vítima” das suas escolhas. Ele sempre soube que era muito melhor do que aquele lugar em que o colocavam. E sabia que merecia muito mais do que tinha. Para mim, é mais interessante encará-lo assim do que como um bandido. 

Então acredita que poderão até torcer por ele?
Não sei se terá uma torcida, mas é possível que alguns se identifiquem com ele. Ciro está entre nós! É um cara real, que a gente conhece. Mas acho que não vão querer comprar o barulho dele, não (risos).

Foi boa a experiência de dividi-lo com o Maurício Destri?
Ele é um ator maravilhoso e já conhecia há um tempo. Atuamos juntos em Cordel Encantado (2011) e, de lá pra cá, o vinha observando. Me impressiona o amadurecimento dele. Maurício e eu conversamos bastante sobre o Ciro, foi uma longa preparação. Enfim, meu trabalho é pegar esse fio da meada que ele deixou para continuar construindo o personagem.

Ao vê-lo atuar, como se sente em relação ao seu próprio início de carreira?
Cara, me dá uma vergonha (gargalhadas)! Essa molecada da nova geração é incrível! Acho o Maurício e o Chay Suede, por exemplo, muito bons! A gente está muito bem de jovens talentos. Sinto que eles não se incomodam com o que as pessoas pensam. Querem fazer o trabalho deles e pronto. 

Falando nisso, o rótulo de galã incomoda?
Passei por cima dele e nunca me preocupei se as pessoas me achavam bonito ou feio. Nem bom ou mau ator. Sempre foquei em fazer meu ofício da melhor maneira possível.

Considera-se vaidoso?
Tenho medo de não manter minha vaidade sob controle. Me incomoda profundamente  que as pessoas cometam erros graves por conta dela. A vaidade é uma coisa perigosíssima.

Como foi o reencontro com a Camila Morgado?
É um prazer enorme voltar a atuar com ela. Por afinidade, admiração... Camila é uma atriz deslumbrante, singular. Uma grande colega, divertidíssima. Gravar com ela é um barato!

Aliás, você também já fez par com a Grazi Massafera, que está na trama...
Ela sofreu muito preconceito no início e acompanhei muito de perto o sofrimento dela, sabe? A vi batalhando demais, querendo vencer, buscando o lugarzinho dela na carreira de atriz. E o carisma da Grazi é avassalador. Ninguém ensina isso em academia, é algo que você tem ou não. E, claro, ela também trabalhou muito e ralou bastante para chegar aonde chegou. Ela está num caminho muito interessante como atriz.

Costuma dar uma olhada sobre o que falam de você nas redes sociais?
A internet é uma coisa fantástica para o bem e para o mal. Confesso, não quero correr atrás, tenho mais o que fazer. Deus está vendo (risos)! Não me preocupo com o que as pessoas dizem por aí. Tenho para isso os meus amigos, a minha família.

Recentemente, fizeram um perfil falso em seu nome na web... Como reage diante disso, que é quase inevitável?
É impressionante como as pessoas têm coragem de ofender e inventar coisas. E a falta de uma boa educação para nosso povo faz com que acreditemos em tudo o que vemos nas redes sociais, por exemplo. Temos muita dificuldade em discernir as coisas, o que é um erro.

Fonte: Tititi

terça-feira, 18 de outubro de 2016

Thiago sobre Ciro: ‘Representa a crise moral e ética que vivemos’

De herói nacional, numa curta participação em “Liberdade, liberdade” como Tiradentes, a um sujeito inescrupuloso, que guarda segredos envolvendo o principal núcleo familiar de “A lei do amor”. Thiago Lacerda não considera Ciro, seu personagem na novela das nove, um vilão. Prefere defini-lo como uma vítima de si mesmo, de sua própria e desmedida ambição.
— O interessante para mim é imaginar que Ciro é um cara legal, talentoso, inteligente, que batalha para ser reconhecido e que, em algum momento, fez escolhas que o levaram a um lugar do qual não consegue voltar atrás — observa o ator, que ainda insere o personagem no atual panorama político do país: — Ciro representa essa crise moral e ética que vivemos. Ele é o tipo que considera que os fins justificam os meios, que vale tudo para chegar lá. É bastante imoral, antiético.
Tão misteriosa quanto a origem e a história de Ciro — ele vive ao celular falando com pessoas que ninguém sabe quem são — é sua capacidade de se articular para atingir seus objetivos sociais e financeiros. De Fausto (Tarcísio Meira), cujo atentado sofrido pode ter a ver com seu “homem de confiança”, revelou ter recebido cem mil dólares para se casar com Vitória (Camila Morgado).
— Essa relação com ela é um pouco por interesse, um pouco por pena. Talvez haja ali prazer, sexo, não sei — supõe o ator, que retoma a parceria com Camila: — É curioso repetir o par romântico de “A casa das sete mulheres” (2003). Ela é uma atriz deslumbrante, divertidíssima, uma grande colega!

Em “A lei do amor”, Thiago Lacerda e Camila Morgado retomam a parceira de “A casa das sete mulheres”
Em “A lei do amor”, Thiago Lacerda e Camila Morgado retomam a parceira de “A casa das sete mulheres
 
Na mansão dos Leitão, ele também reencontra Grazi Massafera. A intérprete da aloprada Luciane estreou na teledramaturgia ao lado do ator, em “Páginas da vida”, há dez anos.
— Acompanhei muito de perto o sofrimento dessa menina, querendo vencer, batalhando para conseguir o lugarzinho dela. Grazi passou por muito preconceito até ser reconhecida, e está num caminho interessante como atriz. Discutir se é bonita ou gostosa é dar linha na pipa errada. O carisma que ela tem não se adquire em academia — elogia o ator, há muito apontado como galã: — Nunca me preocupei se as pessoas me achavam bonito ou feio, bom ou mau ator. Sempre entrei em cena e dei o meu melhor. Uma maneira de lidar com o preconceito é passar por cima dele.
Agora, com um papel de perfil tão obscuro, Lacerda acha pouco provável que o público, em algum momento, torça por ele.
— Não tem como, Ciro é bem errado. Mas se identificar com o personagem é muito possível. Ele está entre nós, é real. Não me inspirei em alguém de verdade para construí-lo, mas busquei referências ficcionais. A série “House of cards” está cheia desses tipos. Ali tem pessoas interessantíssimas!

Fonte: Extra

quarta-feira, 7 de setembro de 2016

Thiago Lacerda e Camila Morgado serão um casal em 'A Lei do Amor'


Treze anos após protagonizarem A Casa das Sete Mulheres, Thiago Lacerda e Camila Morgado voltarão a dividir a mesma cena em A Lei do Amor, próxima novela das 9 que estreia em outubro, no lugar de Velho Chico. Na trama de Maria Adelaide Amaral e Vincent Villari, Camila Morgado será Vitória, uma alcoólatra e apanhará do marido, Ciro, personagem de Thiago. Camila e Thiago entram na segunda fase. Na primeira, os personagens Vitória e Ciro serão vividos por Sophia Abrahão e Maurício Destri.




sábado, 11 de junho de 2016

Thiago Lacerda participa do festival de teatro em Angra dos Reis






























Thiago Lacerda é um dos galãs preferido pelas telespectadoras das novelas e seu talento vai além, como nas peças de teatro as quais estrela.
Nesta sexta-feira (10), o ator encenou uma obra sobre Shakespeare no Festival de Teatro em Angra dos Reis, fazendo com que ninguém tirasse os olhos do palco quando estava em cena.
Com óculos para compor o visual do personagem, Thiago posou ainda com os colegas de cena e mostrou o visual de galã fora do personagem, durante os bastidores do evento.





Fonte: OFuxico

quarta-feira, 30 de março de 2016

Thiago Lacerda vai estrelar filme de sci-fi

Longa baseado em livro de Leo Lopes ainda deve contar com Aline Riscado e Anna Flávia Lapenda


Thiago Lacerda parece já ter previsão para retornar às telonas. Tudo porque o ator foi convidado para estrelar o filme Rio Zona de Guerra, uma mega produção de ficção científica, que será baseada principalmente no livro homônimo do escritor Leo Lopes. 
No trabalho, ele deve interpretar o Tenente Freitas, que vai tentar resolver os mais diversos tipos de problemas possíveis, contando sempre com a ajuda de seu braço direito, a capitã Linda Brandão, que será interpretada por Anna Flávia Lapenda. 
Além de Thiago e Anna, o filme também vai contar com a participação de ninguém menos que Aline Riscado, que vai interpretar Vivian, uma das protagonistas da história. 

Fonte: O Fuxico

domingo, 27 de março de 2016

Thiago Lacerda de volta ao horário nobre!!

Após viver Tiradentes em “Liberdade, Liberdade”, Thiago Lacerda já tem projeto engatilhado na Globo.
O ator encarnará o principal vilão de “Sagrada Família” (título provisório), próxima novela das 21h, escrita por Maria Adelaide Amaral e Vincent Villari.
O ator dará vida a Ciro e voltará a fazer par com Camila Morgado, com quem contracenou na minissérie “A Casa das Sete Mulheres” (2003). Na trama, o personagem se casará por interesse com Vitória, herdeira da família principal da história, os Leitão, e será o responsável por grandes reviravoltas no enredo.
 “O Thiago [Lacerda] pegou o último grande papel que restava da novela, exatamente o de grande vilão. Ciro, apesar de mau-caráter, quase sempre sinistro, tem momentos de afeto genuíno pelos amigos”, revelou Maria Adelaide em entrevista para o jornalista Daniel Castro.
O folhetim ainda segue sem nome definitivo. “Lobo do Amor” chegou a ser ventilado como o título final, mas já foi descartado. A emissora aguarda o registro oficial para divulgar à imprensa.
Claudia Abreu, Reynaldo Gianecchini, Grazi Massafera, Luisa Arraes, Otávio Augusto, Claudia Raia, Heloísa Périssé, Irandhir Santos, Humberto Carrão, Vera Holtz, Regiane Alves e Tarcísio Meira são alguns integrantes do elenco confirmados para a substituta de “Velho Chico”.

Fonte: RD1

sexta-feira, 4 de março de 2016

Bodas de Cerâmica




Thiago Lacerda e Vanessa Lóes comemoram nove anos de casamento nesta quinta-feira (3). E a atriz usou sua conta de Instagram para festejar as bodas de cerâmica. O casal estaria vivendo uma crise no relacionamento. No Carnaval, o ator chegou a um camarote sem a mulher e não usava a aliança na mão esquerda.

"Três de março. Nove anos atrás a gente celebrou nosso encontro e começou a construir juntos tudo o que há de mais lindo na minha vida hoje. Parabéns para nós meu amor Thiago Lacerda. Não é nada fácil, mas é tão gostoso...", escreveu Vanessa ao compartilhar foto ao lado do marido e dos três filhos, Gael, de 8 anos, Cora, de 5, e Pilar, nascida em maio de 2014. A atriz usou as hashtags "Aniversário de casamento" e "Amor maior do mundo".

'Grande bobagem', disparou o ator negando a separação
Durante participação no "Mais Você" no mês passado, o ator não usava novamente o anel de compromisso. Questionada pelo Purepeople, a assessoria de imprensa de Thiago explicou: "Por causa dos ensaios da peça ('Repertório Shakespeare') ele tirou e deve ter esquecido de colocar novamente". "Mas está tudo ótimo com eles", acrescentou. Nos bastidores, o ator escalado para a novela "Liberdade, Liberdade" (com previsão de estreia para o dia 11 de abril) negou estar se separando da mulher.
"Sei que está rolando uma história sobre o meu casamento, mas é tudo uma grande bobagem. É um absurdo completo. Mas já ouvi os maiores absurdos ao meu respeito. Estou acostumado, não tenho vontade de responder, fico dando risada. Mas também me sinto impotente de não poder transformar isso", desabafou ele, clicado dias depois com Vanessa em uma pré-estreia. Para viver Tiradentes na próxima trama das onze, o artista cortou o cabelo, deixando para trás o estilo moicano.

 Fonte: PurePeople

quarta-feira, 10 de fevereiro de 2016

Thiago Lacerda será Tiradentes na próxima novela das 11 da Globo




Depois de interpretar heróis como Giuseppe Garibaldi e Capitão Rodrigo, Thiago Lacerda terá outro grande nome para colocar em seu currículo. Em Liberdade, Liberdade, nova novela das 11, o ator fará uma participação no primeiro capítulo como Tiradentes, o mártir da Inconfidência Mineira.

“Coincidentemente, minha carreira é cheia destes personagens míticos. Tenho o maior prazer nisso e muito orgulho destes personagens. Nunca imaginei um dia fazer o Tiradentes”, disse ele em Diamantina, Minas Gerais, onde foram gravadas as primeiras cenas da novela. 
Para interpretar este personagem icônico na história do Brasil, Lacerda deixou de lado os famosos olhos verdes que tanto suspiros arrancam do público feminino e está usando lentes castanhas. O ator também deu adeus ao corte moicano que andava exibindo. Liberdade, Liberdade tem estreia prevista para abril deste ano.







Fonte: Gshow